Insuficiência cardíaca: Orientações nutricionais

MinhaSaude   27 Outubro 2012   1 Comentário

A Insuficiência Cardíaca (IC) é uma condição clínica, na qual o coração encontra dificuldade para encher-se ou bombear sangue para o restante do corpo.

Pesquisas realizadas pelo Ministério da Saúde, disse que há cerca de 6,5 milhões de pacientes com IC no Brasil.

Todos se beneficiam de aconselhamento dietético, que garante suas necessidades nutricionais e ajuda a evitar a descompensação cardíaca com internação hospitalar.

As orientações devem ser individualizadas, mas, em linhas gerais, pode-se recomendar:

  • Limitar o consumo de sal é essencial, pois seu excesso faz o corpo reter líquido e o coração terá que fazer mais força para bombear o excesso.
  • Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), recomenda que o consumo diário não deve exceder de 5 ou 6 gramas de sal por dia. Os seguintes alimentos são fonte de sódio, porém, deve-se diminuir ao maximo o consumo desses produtos: pão Frances, batata palha ou frita, salgadinhos de milho, bolos prontos, misturas para bolo, biscoitos, maionese, massas instantâneas, macarrão instantâneo, pão de forma, fast-food, comida congelada, refrigerantes, embutidos, cereal matinal, chocolate, carne bovina, leite e derivados.
  • Evitar o diminuir o consumo de bebidas alcoólicas deve ser encorajado, em função de seus efeitos negativos sobre o sistema cardiovascular. O álcool reduz a contratibilidade miocárdica e pode causar arritmias [Sahade, dos Santos - 2009].
  • Reduzir a ingestão de gordura saturada e dar preferência às gorduras mono e polinsaturadas, com ênfase aos ácidos graxos da série ômega 3, que apresentam efeitos positivos em pacientes com insuficiência cardíaca sintomáticos [Gibbs - 2000][Tavazzi - 2004]. 

Fonte: http://zerohora.clicrbs.com.br/rs/noticia/2010/07/alimentacao-saudavel-e-o-segredo-para-prevenir-insuficiencia-cardiaca-e-infarto-2986311.html

  • Seguir uma dieta balanceada, privilegiando frutas e verduras, carne magra, peixes, laticínios desnatados, grãos e cereais. A dieta é apenas uma das medidas para controle da pressão da hipertensão. Ela deve ser acompanhada da adoção de outros hábitos de vida saudável, tais como: prática de atividade física regular, abandono do tabagismo, ingestão moderada de bebidas alcoólicas, controle do estresse e manutenção do tratamento medicamentoso, quando houver prescrição médica. 
  • Manter uma freqüência razoável de exercícios. Isso deve ser feito toda a semana, mas com um dia de intervalo. Porém, si se apresentara um sinal vermelho de quem tem pressão arterial acima de 18 por 11 não deve fazer treino de força.

Em linha gerais, o paciente deve manter boas condutas de saúde, desde seguir uma alimentação saudável, ate fazer caso das indicações que os médicos prescrevem aos seus pacientes.

Referências

[Sahade and Montera, 2009]: SAHADE, Viviane  and  MONTERA, Vanessa dos Santos Pereira. Tratamento nutricional em pacientes com insuficiência cardíaca. Rev. Nutr. [online]. 2009, vol.22, n.3 [cited  2012-11-27], pp. 399-408 . Available from: . ISSN 1415-5273.  http://dx.doi.org/10.1590/S1415-52732009000300010

[ Gibbs et Al., 2000 ]: Gibbs CR, Jackson G, Lip GY. ABC of heart failure. Non-drug management. BMJ. 2000; 320(7231): 366-9.

[Tavazzi et. Al., 2004]: Tavazzi L, Tognoni G, Franzosi MG, Latini R, Maggioni AP, Marchioli R,et al. Rationale and design of the GISSI heart failure trial: a large trial to assess the effects of n-3 polyunsaturated fatty acids and rosuvastatin in symptomatic congestive heart failure. Eur J Heart Fail. 2004; 6:(5)635-41.

Keywords: Insuficiencia cardiaca, orientacoes nutricionais, dicas

Comentários

giomar diz: Publicado em: 3-12-2012

Interessante artigo